E-commerce no país é o segundo que mais cresce em escala global

Brasil lidera expansão do comércio virtual na América Latina

As compras on-line no Brasil ganharam força durante a pandemia e já respondem por 31% de todas as vendas do segmento na América Latina. Com esse ritmo, o feito dará ao país a liderança do mercado de e-commerce na região e o segundo lugar no cenário mundial. Os dados são da eMarketer, empresa de pesquisa de mercado.

-Publicidade-

Só no acumulado deste ano, o Brasil foi responsável por movimentar mais de US$ 41 bilhões (R$ 214 bilhões) no mercado de varejo eletrônico da América Latina. Em seguida, aparece o México, com participação de 27%, equivalente a US$ 35,9 bilhões. Em terceiro lugar, vem a Argentina, com uma participação de 8,6%, ou US$ 11,3 bilhões.

Entre os efeitos para o crescimento de participação nesse mercado, o destaque fica para as compras fechadas através do celular. A expectativa é que o Brasil encerre o ano representando 32% da comercialização nessa modalidade. Outro fator que impulsiona esse cenário é a facilidade dos pagamentos digitais, que tem atraído a população.

Revista Oeste – Sabrina Nascimento

Ecommerce brasileiro segue em alta em 2021

Seguindo a tendência de alta observada em 2020, o primeiro trimestre de 2021 foi de crescimento nas compras online em todo o país. O impulsionamento se deu pelas promoções no início do ano, a Semana do Consumidor, realizada em março, e as novas restrições por conta da segunda onda da pandemia, de acordo com a NeoTrust.

Só nos três primeiros meses do ano, foram 78,5 milhões de compras online, um crescimento de 57,4% em comparação com o primeiro trimestre de 2020. Foram mais de R$ 35,2 bilhões gerados entre janeiro e março, um aumento de 72,2% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Se você quer aproveitar esse crescimento comprovado pelos dados de ecommerce no Brasil e colocar sua loja virtual no ar, veja as dicas de como criá-la e começar a vender no vídeo abaixo!

-Publicidade-