cache hit 1

CDN – Rede de Entrega de Conteúdo – Como o Cloud CDN funciona

Quando um usuário solicita conteúdo de um balanceador de carga HTTP(S), a solicitação chega a um Frontend, localizado na extremidade da rede do CDN, o mais próximo possível do usuário. Se o mapa de URLs do balanceador de carga direcionar o tráfego para um back-end que tenha o Cloud CDN configurado, o Frontend usará o Cloud CDN da seguinte maneira:

-Publicidade-
  • O Frontend primeiro procura no cache do Cloud CDN uma resposta à solicitação do usuário. Se o Frontend encontrar uma resposta armazenada em cache, o Frontend enviará a resposta em cache ao usuário. Isso é chamado de ocorrência em cache.
  • Caso contrário, se o Frontend não puder encontrar uma resposta armazenada em cache para a solicitação, o Frontend fará uma solicitação ao back-end apropriado (o servidor de origem). Se a resposta a essa solicitação puder ser armazenada em cache, o Frontend armazenará a resposta no cache do Cloud Frontend para que o cache possa ser usado em solicitações subsequentes.

Para usar o Cloud CDN, seu balanceador de carga HTTP(S) precisa usar níveis premium de serviço de rede. Quando o Cloud CDN fornece uma resposta em cache, a resposta é exibida pelo endereço IP do balanceador de carga. O Cloud CDN não faz qualquer redirecionamento de URL. O cache do Cloud CDN está localizado no Frontend. Isso significa que o URL que um cliente solicita é o mesmo, com o Cloud CDN ativado ou não, e o URL é o mesmo, quer haja ou não uma ocorrência em cache.

Ocorrências, ausências, preenchimentos e saídas em cache

Na primeira vez que uma parte do conteúdo é solicitada, o Frontend determina que não pode atender a solicitação do cache. Isso é denominado ausência no cache. O Frontend pode tentar buscar o conteúdo de um cache próximo. Se o cache próximo tiver o conteúdo, o Frontend enviará o conteúdo para o primeiro cache por meio do preenchimento cache para cache. Caso contrário, o Frontend encaminhará a solicitação ao balanceador de carga HTTP(S). O balanceador de carga, por sua vez, encaminhará a solicitação para um dos back-ends. Esse back-end é o servidor de origem do conteúdo.

Quando o Frontend recebe o conteúdo, ele o encaminha para o usuário. Se o conteúdo puder ser armazenado em cache, o cache poderá armazenar esse conteúdo para solicitações futuras. O cache poderá recusar o armazenamento do novo conteúdo se a inserção do novo conteúdo exigir a remoção de outro conteúdo que seja mais conhecido ou se o cache tiver informações insuficientes sobre a popularidade do novo conteúdo. Por exemplo, um cache pode não inserir uma grande quantidade de conteúdo no primeiro acesso dele.

Quando os usuários solicitam conteúdo que já está armazenado em um cache, o Frontend pesquisa o conteúdo pela chave de cache e responde diretamente ao usuário, reduzindo o tempo de retorno e evitando que o servidor de origem tenha que processar a solicitação.

CDN – Rede de Entrega de Conteúdo

Uma CDN (Rede de Entrega de Conteúdo) é um grupo de servidores geograficamente distribuídos que aceleram a entrega do conteúdo da Web, aproximando-o de onde os usuários estão. Os data centers do mundo todo usam o armazenamento em cache, um processo que armazena cópias de arquivos temporariamente, para que você possa acessar o conteúdo da Internet a partir de um dispositivo ou navegador habilitado para a Web mais rapidamente por meio de um servidor próximo a você. As CDNs armazenam conteúdo em cache, como páginas da Web, imagens e vídeos em servidores proxy próximos à sua localização física. Isso permite que você faça atividades como assistir a um filme, fazer download de software, verificar seu saldo bancário, publicar nas redes sociais ou fazer compras sem ter que esperar pelo carregamento do conteúdo.

Você pode pensar em uma CDN como em um caixa eletrônico. Ter um caixa eletrônico em praticamente todos os cantos torna mais rápida e eficiente a obtenção de dinheiro. Não há tempo de espera em longas filas bancárias, e os caixas eletrônicos são colocados em muitas localizações convenientes para proporcionar acesso imediato.

Os serviços da CDN foram criados para resolver o problema de congestionamento de rede causado pela entrega de conteúdo da Web avançado, como gráficos e vídeos pela Internet, algo que é bem parecido com o congestionamento de veículos. A obtenção de conteúdo de servidores localizados centralmente para usuários individuais simplesmente demorava muito tempo. Agora, as CDNs cresceram para incluir tudo, desde texto, gráficos, scripts e arquivos de mídia até downloads de software, documentos, portais, comércio eletrônico, mídia de streaming ao vivo, mídia de streaming de vídeo sob demanda e websites de mídia social.

As CDNs também podem oferecer aos websites uma maior proteção contra agentes mal-intencionados e preocupações com segurança, como ataques de DDoS (negação distribuída de serviço).

-Publicidade-